1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Jogos Olímpicos de Inverno Sochi 2014

Galeria Fotos
No esqui estilo livre moguls feminino as irmãs canadenses confirmaram o favoritismo. Justine Dufour-Lapointe conquistou a medalha de ouro, enquanto sua irmã, Chloe, a prata. A norte-americana Hannah Kearney completou o pódio. Três irmãs canadenses se destacaram na prova do esqui estilo livre moguls, disputa em que as atletas descem um percurso inclinado, cheio de montes de neve e com duas rampas para que um salto acrobático seja realizado. No cross country feminino, a norueguesa Bjoergen Marit conquistou sua quarta medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Inverno. A "iron Lady" (à direita) venceu a prova de 15 quilômetros e superou a sueca Charlotte Kalla em 1,8 segundos. O norueguês Ole Einar Bjoerndalen, do biatlo, conquistou hoje a medalha de ouro no "sprint", primeira prova do biatlo dos Jogos Olímpicos Sochi 2014, e igualou o recorde de 12 medalhas ganhas em Jogos de inverno, feito de seu compatriota e fundista Bjorn Daehlie. Sven Kramer lidera compatriotas e holandeses fecham o pódio na prova de patins de velocidade nos cinco mil metros. Os holandeses dominaram a prova e ocuparam todos os lugares do pódio. Com a pontuação de 93,50, Kotsenburg pôde finalmente comemorar a primeira medalha de ouro de Sochi. Ele desbancou o canadense Mark McMorris, que competiu com uma costela quebrada, e levou a primeira medalha de ouro olímpica da história do snowboard slopestyle. A Noruega, país que mais ganhou medalhas de ouro na história das Olimpíadas de Inverno, ficou com a prata na prova de slopestyle com Staale Sandbech. Em busca desta meta, os norte-americanos ganharam a primeira medalha de ouro distribuída na Rússia, neste sábado, com Sage Kotsenburg vencendo a final masculina do snowboard slopestyle. Saiu a primeira medalha dos Jogos Olímpicos de Sochi 2014. No snowboard slopestyle, modalidade estreiante, várias surpresas. Após o favorito Shaum White desistir da competição, o também americano Sage kotsenburg levou o ouro para casa. Líder do quadro geral de medalhas apenas uma vez na história dos Jogos Olímpicos de Inverno, em 1932, os Estados Unidos podem quebrar o jejum em Sochi. Os americanos conquistaram a primeira medalha de ouro dos Jogos Olímpicos de Inverno Sochi, no inédito snowboard slopestyle. Composta por 13 atletas em sete modalidades, a maior delegação da história do Brasil em uma Olimpíada de Inverno, desfilou no Estádio Olímpico Fisht. Atleta do crosscountry e do biatlho, Jaqueline Mourão foi a porta-bandeira brasileira. Os Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi foram abertos oficialmente na última sexta-feira. Em uma grande celebração, as delegações foram apresentadas e a pira olímpica foi acesa com a chama da tocha que percorreu o país. Competindo em casa, a dupla Elena Ilinykh e Nikita Katsalapov, que integra a equipe russa de patinação artística, conquistou a medalha de ouro na prova por equipes. Em uma prova bastante movimentada, as irmãs canadenses Justine e Chloe Dufour-Lapointe conquistaram ouro e prata no esqui moguls, superando a atual campeã olímpica Hannah Kearney, que terminou em terceira. Maxine Dufour-Lapointe, a mais velha com 24 anos, não se classificou para as finais. Soberanos na patinação, os holandeses, liderados por Sven Kramer, dominaram o pódio após prova de velocidade nos 5 quilômetros do centro de patinação Adler Arena. Kramer ainda quebrou o próprio recorde olímpico e completou o percurso em 6m10s76. O norueguês Anders Bardal, esquiador do salto em distância, executa salto no Centro de Saltos RusSki Gorki. Anders é o atual campeão mundial da modalidade. O alemão Felix Loch, do luge, conquistou a medalha de ouro após uma descida impecável no Centro de Sliding Sanki. Loch comemorou muito o tempo de 51,964 segundos. O Brasil estreou hoje sua participação nos Jogos Olímpicos de Inverno. Jaqueline Mourão conseguiu a 77ª posição na prova do biatlo. A brasileira também disputa o cross country. A alemã Liza Zimmermann, do esqui estilo livre slopestyle, treina para a competição na Rússia Ator se prepara para performance no Parque Olímpico No hóquei, seleção feminina dos Estados Unidos enfrentou a Suíça e venceu por 9 a 0 A norueguesa Ragnhild Mowinckel já disputou duas provas no esqui alpino supercombinado Na patinação de velocidade em pista curta, conhecida como short track, os sul-coreanos Sin Da-Wonn e Lee Han-bin colidiram durante a prova Os canadenses Tristan Walker e Justin Snith treinam para a disputa de duplas da modalidade Luge Os canadenses Tessa Virtue e Scotti Moir, parceiros há mais de uma década na patinação artística Alexei Stukalsky, da equipe de curling da Rússia Jules Bonnaire, francês que participa da disputa no ski livre A dupla russa formada por Elena Ilinykh e Nikita Katsalapov ficou em terceiro lugar na patinação artística por duplas Yulia Lipnitskaya, jovem revelação do país sede dos jogos, ficou com o ouro na disputa individual Zina Kocher, integrante da equipe de biatlo do Canadá, já participou de uma prova em Sochi A australiana Torah Bright e as norte-americanas Kaitlyn Farrington e Kelly Clark dividem o pódio da prova de snowboard halfpipe, modalidade em que os atletas fazem manobras em pista côncava - parecida com as do skate - durante um perído pré-determinado de tempo A norte-americana Kaitlyn Farrington foi a vencedora do snowboard halfpipe, uma das modalidades mais radicais dos Jogos Olímpicos O casal russo Tatiana Volosozhar e Maxim Trankov conquistou a torcida nos primeiros dias de competição. Na quarta, 12, colheu os frutos do bom trabalho com uma medalha de ouro na patinação artística Competições de hóquei estão a todo vapor em Sochi. A briga masculina começou nesta quarta-feira, 12, com doze times participantes Um feito pouco comum marcou a prova de esquí feminino em Sochi. A suíça Dominique Gisin e a eslovena Tina Maze fizeram exatamente o mesmo tempo na final do downhill alpino e ganharam medalhas de ouro. A Alemanha saltou para o primeiro lugar no quadro de medalhas graças ao desempenho de Eric Frenzel no combinado nódico e a Tobias Wendl e Tobias Arlt, no luge de duplas, acima. A medalha de prata do revezamento misto de luge ficou com a equipe da casa, a seleção russa, representada por Tatyana Ivanova, Albert Demchenko, Alexander Denisyev and Vladislav Antonov. O ouro foi para a seleção alemã e a medalha de bronze ficou com a Letônia. A chinesa Li Nina, do snowboard freestyle aerials, cai durante sua volta em Sochi. Assim como o snowboard slopestyle, o freestyle é uma das modalidades mais perigosas dos jogos. O canadense Jeff Carter marca gol contra a seleção da Áustria. Ambas não foram páreos para Rússia e Estados Unidos, que fazem a grande final do hockey no gelo masculino, neste sábado em Sochi. O japonês Yuzuru Hanyu confirmou o seu favoritismo e conquistou a medalha de ouro na patinação artística em Sochi. O atleta de 19 anos se tornou o primeiro patinador da história a quebrar a marca dos 100 pontos, após uma apresentação perfeita. O russo Alexander Tretiakov brilhou na decisão do Skeleton neste sábado e conquistou a medalha de ouro. Ele foi o melhor em todas as quatro baterias na modalidade e se tornou o novo campeão. No hóquei, os EUA superaram a Rússia numa final polêmica. A arbitragem anulou um gol da Rússia a menos de 5 minutos do fim do jogo, levando a decisão para um shootout, no qual T.J. Oshie garantiu a vitória dos americanos. A russa Maria Komissarova sofreu uma lesão na coluna vertebral enquanto treinava para a disputa do esqui cross country. Com fratura na 12.ª vértebra, na parte de baixo das costas, ela foi submetida a uma cirurgia de emergência. O coreano naturalizado russo Viktor Ahn venceu a prova masculina da patinação em velocidade 1.000 metros e conquistou o quarto ouro olímpico com o tempo de 1m25s611. A chinesa Yang Zhou ficou com a medalha de ouro na final da prova feminina da patinação em velocidade 1.500 metros. Suk Hee Shim, da Coreia do Sul, ficou com a prata e Arianna Fontana, da Itália, com o bronze. Aos 41 anos de idade, o japonês Noriaki Kasai fez história neste sábado ao conquistar a medalha de prata na disputa de saltos com esqui dos Jogos de Inverno de Sochi. Veterano da história da competição, ele não subia ao pódio desde 1994, quando também foi segundo colocado nesta mesma prova em Lillehammer, na Noruega. As brasileiras Fabiana dos Santos e Sally Mayara sofreram um acidente feio durante treino do bobsled neste domingo, mas passam bem e devem competir normalmente nos Jogos de Inverno de Sochi. A prova está marcada para a próxima terça-feira. A brasileira Isabel Clark não conseguiu passar do 14º lugar na prova do snowboard cross, nos Jogos de Inverno de Sochi, neste domingo. Ela sofreu uma queda durante as eliminatórias e acabou sendo eliminada nas quartas de final. A medalha de ouro ficou com a checa Eva Samkova. Neste domingo, com Jorien Ter Mors, Ireen Must e Lotte Van Beek, fizeram mais uma vez pódio completo, desta vez na prova feminina de 1.500m da patinação em velocidade. Das 24 medalhas distribuídas na modalidade, nada menos que 16 (dois terços delas) foram para atletas holandeses. Apesar da maioria do público torcer pela equipe jamaicana de bobsled, os russos Alexander Zubkov e Alexey Voevoda confirmaram o favoritismo e conquistaram a 5ª medalha de ouro para a Rússia. Durante as semifinais do hóquei no gelo feminino na arena Shayba, as canadenses evitam o gol da Suíça. No outro jogo, as norte-americanas não tomaram conhecimento das suecas e venceram por 6 a 1. As canadenses superaram as suíças e fazem a final contra os Estados Unidos. Atleta da Biélorússia, Anton Kushnir comemora o lugar mais alto do pódio. Kushnir conquistou a medalha de ouro na modalidade esqui aéreo estilo livre. Trabalhadores fiscalizam a rampa de aterrisagem do esqui salto em distância, em Sochi, Rússia. Em uma das modalidades mais populares de Sochi, o hóquei, o jogador da República Checa, Michael Frolik, tenta escapar dos tacos dos jogadores eslovacos. Os checos conseguiram vencer pelo placar de 5 a 3. O calor que ameaçou a continuidade dos Jogos Olímpicos de Sochi, foi desconsiderado após fortes nevascas. A neve que cai em Sochi ajuda a manter as condições ideais das pistas e rampas. O norte-americano David Wise sagrou-se campeão olímpico na prova de esqui estilo livre halfpipe. Mesmo sob muita neve, Wise foi soberano do início ao fim, e levou a medalha de ouro. O atleta neozolandês Josaih Wells compete sob muita neve na prova de esqui estilo livre halfpipe. O norte-americano David Wise foi o vencedor da categoria e levou a medalha de ouro. Na derrota da Suíça para a Letônia, por 3 a 1, no hóquei sobre patins, o defensor letão Janis Sprukts, empurra Nino Niedrreiter da Suíça, evitando o gol. O goleiro Edgars Masalskis fechou a meta e garantiu a vitória da Letônia. A norte-americana naturalizada brasileira Isadora Williams fez a estreia do País na patinação artística. A atleta, no entanto, foi eliminada com o último lugar no programa curto Outro representante brasileiro, Jhonatan Longhi terminou a disputa do slalom gigante do esqui alpino da quarta-feira, 19, na 58.ª colocação Ole Einar Bjoerndalen se tornou o maior medalhista olímpico dos Jogos de Inverno, com oito ouros, quatro pratas e um bronze em cinco edições disputadas. Em Sochi, conseguiu o lugar mais alto do pódio no biatlo e devolveu, ao lado de outros atletas, a Noruega ao topo do quadro de medalhas Em um dos duelos mais importantes do hóquei no gelo, as rivais de Estados Unidos e Canadá fizeram da final olímpica uma partida bastante movimentada. No clássico mundial, melhor para as canadenses, que venceram por 3 a 2 e levaram a medalha de ouro. A patinadora artística Yulia Lipnitskaya, da Rússia, conquistou a medalha de ouro na competição por equipes e se tornou a campeã olímpica mais jovem na história dessa modalidade. Na modalidade individual, ela conquistou a quinta colocação. A patinadora russa Adelina Sotnikova ocupou o primeiro lugar no programa livre de patinação artística em Sochi. Desta maneira, ela se tornou a primeira esportista russa a conquistar ouro olímpico em competições individuais de patinação artística. A japonesa Ayana Onozuka realiza manobra no esqui estilo livre em halfpipe. A atleta nipônica ficou com a medalha de bronze, a prata foi para a francesa Marie Martinod e o ouro para a norte-americana Maddie Bowman. A Ucrânia levou a medalha de ouro no biatlo e, devido ao estado de guerra que assola o país, as atletas campeãs pediram um minuto de silêncio em respeito aos mortos durante os protestos. Os Estados Unidos fizeram uma das semifinais do hóquei masculino contra o Canadá, algoz histórico da equipe do Tio Sam. Nesta edição dos Jogos de Inverno, a história se repetiu e os americanos amargaram a eliminação mais uma vez. O Canadá venceu por 1 a 0, com gol de Jamie Benn, e encara a Suécia na final. A Rússia bateu recordes na patinação em velocidade com Victor An. Nascido na Coreia do Sul com o nome Ahn Hyun-Soo, ele se naturalizou russo e já soma quatro medalhas em Sochi. Nesta sexta-feira, Victor liderou a vitória no revezamento de 5.000m. No slalom, a brasileira Maya Harrison ficou em 39.º e não sabe se vai participar da Olimpíada de 2018. O ouro na prova ficou com Mikaela Shiffrin. O Canadá levou mais uma medalha de ouro, dessa vez no curling. A equipe passeou sobre a Grã-Bretanha e conquistou o tricampeonato olímpico. A alemã Evi Sachenbacher-Sehle, do biatlo, foi pega no exame antidoping. Seu exame apontava alto nível de hemoglobina. Ela é detentora de cinco medalhas olímpicas no cross-country, sendo duas de ouro e três de prata. Em Sochi competiu no biatlo, mas não levou medalha.
< >
< >