1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Mascotes inusitados

Galeria Fotos
Alguns times podem não entrar como grandes favoritos de suas competições, mas no quesito chamar atenção, eles são os campeões. Separamos alguns curiosos mascotes de clubes grandes e do interior que despertam a simpatia dos torcedores A Adidas, fornecedora de material esportivo da seleção japonesa de futebol e a Nintendo, anunciaram que o time terá como mascote oficial Pokémon, uma das marcas mais famosas da gigante dos videogames O Bahia adotou um super herói bem parecido com o Super-Homem para representar a equipe nos dias de jogo No Grêmio Barueri, o animal escolhido foi uma abelha. Segundo o site do clube, a abelha foi a escolha por ser "pouco adotada" por times do Brasil Se no Brasil a abelha é pouco adotada, ela aparece no futebol exterior. O Borrussia Dortmund, da Alemanha, adotou o animal como símbolo Nada de animais. O West Ham, da Inglaterra, tem como mascote um urso e o "Hammerhead", um martelo Pelas cores do animal, a Juventus escolheu a Zebra para ser sua representate. O mascote é usado nas campanhas da equipe, assim como em 2012, na peça "Orgulho de pertencer a uma outra espécie" No Arsenal, o símbolo é o dinossauro chamado de "Gunnersaurus", um tiranossauro rex O "diabo" ganhou alguns adeptos no futebol. Na Inglaterra, o Manchester United é conhecido como "Red Devils" e na Itália, o Milan também usa o desenho como símbolo A Associação Ferroviária de Esportes, do interior paulista, tem um dos mascotes mais simpáticos do futebol: a maria fumaça chamada de "ferrinha" O Internacional, de Porto Alegre, adotou o Saci-Pererê, personagem emblemático do folclore brasileiro O Timbu foi adotado pelo Náutico-PE em 1934, e até hoje é o animal que representa oficialmente a equipe. Em 2012, o clube até lançou uma campanha para mudar a roupagem do mascote
< >
< >